Jornalista suíço morre em Salvador

O jornalista suíço Sandro Spartaco Pierre Barana, de 45 anos, morreu hoje ao cair do 12º andar de um hotel no bairro da Barra, perto do centro de Salvador. De férias em Salvador, o jornalista teria se suicidado pois a polícia encontrou um bilhete revelando sua intenção de se matar. De acordo com policiais que apuram o suposto suicídio, Barana informa no bilhete que estava com aids em estado terminal, agradece a acolhida dos baianos e manifesta o desejo de ser cremando para que suas cinzas sejam jogadas nas águas da Baía de Todos os Santos. O delegado Geraldo Roberto da Silva, abriu inquérito para investigar o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.