Jornalista Miguel Dias morre vítima de enfarte

Um enfarte fulminate matou, no início danoite desta quarta-feira, no Hospital da Clínicas, na capital paulista, o jornalista elocutor da Rádio Globo, Miguel Dias, de 56 anos. Os primeirossintomas aconteceram por volta de 19h30, quando o jornalistaestava em uma via pública, próximo ao número 80 da Rua Doutor FreireSisneiro, no Jardim das Graças, região da Casa Verde, na zonanorte da capital. Socorrido pelo resgate do Corpo de Bombeiros,ele morreu quando era medicado. Natural de Botucatu, no interior paulista, Miguel Dias eracasado e tinha três filhas. Lecionou Matemática, antes deingressar na carreria de comunicação. Mudando-se para a capital foi chefe de redação da Rádio Eldorado AM, do Grupo Estado, de 1986 a 1989, e trabalhou nas rádios Jovem Pan, CBN e Globo de São Paulo. Tambématuou na televisão, apresentando os programas Cidade Alerta e oFala Brasil, na Rede Record. Atualmente, Dias apresentava oprograma Manhã da Globo, na Rádio Globo de São Paulo, e eracolunista do Jornal Agora São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.