Jornalista é condenado na acusação de difamação de Naji Nahas

Acusado de difamar o mega investidor Naji Nahas, o jornalista Rodrigo Santos Gonçalves Pinto foi condenado pela juíza Katia Maria Amaral, da 36ª Vara Criminal do Rio, a cinco meses dedetenção em regime aberto e multa de quatro salários mínimos. A pena pode ser substituída por prestação de serviços à comunidade.A ação foi movida pelo advogado Sérgio Rosenthal. Segundo Rosenthal, Nahas está processando quatro outros jornalistas, de vários órgãos, e que continuará acionando judicialmente ? todos aqueles que ofenderem sua honra?.Motivou a condenação notícia publicada no Globo de 29 de abril de 2000. Nela o jornalista informa que Nahas, em l989, manipulou o mercado, fez negócios sem garantia, quebrou sete corretoras, deixou na BVRJ rombo de U$ 400 milhões, foi condenado a 24 anos e 8 meses de prisão e fugiu para Paris. Para a juíza, o jornalista apresentou ?versão própria sobre os fatos?, tanto que Nahas foi absolvido no Superior Tribunal de Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.