Jornalista diz que não quis ofender Lula e governo revê decisão

O plantão da TV Globo informou que o ministro Marcio Thomaz Bastos disse que o governo decidiu reconsiderar a decisão de cancelar o visto de permanência no Brasil do jornalista Larry Rohter, do New York Times. A decisão, de acordo com a TV Globo, foi justificada pelo ministro pelo envio de uma carta dos advogados de Rohter ao governo, declarando que ele não teve a intenção de ofender a honra do presidente da República na matéria publicada pelo jornal norte-americano no domingo passado. A reportagem apontava um consumo excessivo de álcool pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A jornalista Rita Tavares, da Agência Estado, antecipou esta informação em flash transmitido às 17h13, a partir de fontes qualificadas do governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.