Jornalista brasileiro ganha prêmio Moors Cabot

Um jornalista brasileiro é um dos ganhadores do Prêmio Maria Moors Cabot, concedido pela Universidade de Columbia às coberturas jornalísticas de maior destaque no continente americano. João Antonio Barros, de O Dia, ganhou o prêmio ao lado de Raúl Kraiselburd, diretor de El Día, da Argentina; Mac Margolis, correspondente da Newsweek International; e Michael Reid, diretor da The Economist para a América.Foi feita uma menção especial, por coragem e profissionalismo, à revista cubana La Sociedad de Periodistas Manuel Márquez Sterling, que só publicou dois números antes que muitos de seus colaboradores fossem presos e condenados pelo regime de Fidel Castro.Os prêmios, que completam 65 anos, são conferidos pela Escola de Jornalismo a repórteres e editores que ?mediante sua cobertura, demonstraram compromisso e com a liberdade de imprensa e o entendimento entre os países americanos?. João Antonio Barros foi premiado por sua investigação a respeito da corrupção policial no Rio de Janeiro. A entrega dos prêmios ocorrerá em cerimônia na Universidade, marcada para 9 de outubro.Cada ganhador recebe uma medalha, US$ 5.000 e tem cobertos os custos da viagem aos EUA para a cerimônia de entrega da homenagem. As empresas onde trabalham os ganhadores são agraciadas com placas comemorativas de bronze.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.