Jornalista acusa Barbalho de tentar boicotar livro

O jornalista Gualter Loyola, autor do livro "Anatomia de um Corrupto - Eu Posso Falar", acusou hoje o candidato a presidente do Senado Jader Barbalho (PMDB-PA) de ter contratado um grupo para "boicotar" a publicação da obra. Segundo ele, a prisão do gráfico Marcos Vieira Barreto pode ser apenas uma "armação montada pelo senador para tumultuar a impressão do livro". Loyola disse que livro não será mais impresso em Brasília, como havia sido programado, uma vez que teme que ocorram mais problemas em torno da edição da obra. Segundo ele, os exemplares do livro estarão à venda nas livrarias do País na quarta-feira e não mais na terça-feria, como estava previsto. Loyola conta no livro que o senador esteve envolvido com bicheiros e recebeu propina na época em que foi governador do Pará para anistiar dívidas pelo não pagamento do ICMS, que chegavam a R$ 30 milhões. Ele afirmou, no entanto, que não tem provas para comprovar as denúncias. O jornalista ainda acusa Barbalho de estar ligado aos desvios de recursos da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.