Jornais têm como crescer mais, diz presidente da ANJ

O presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Francisco Mesquita Neto, disse hoje, durante o encerramento do 3.º Mix de Comunicação - evento que reuniu profissionais de jornalismo e publicidade do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco - que há mais oportunidades do que ameaças no panorama futuro dos jornais brasileiros.Mesquita Neto, diretor-superintendente do Grupo Estado, salientou que os jornais devem ter a Internet como aliada, não concorrente. Ele citou o exemplo do Portal Estadão, o site de jornal com mais acessos no Brasil, uma aposta do grupo para marcar presença no jornalismo do futuro. "As empresas têm de mostrar que fazem a notícia na Internet tão bem como as dos jornais."Um fato que demonstra o potencial de crescimento dos jornais brasileiros, segundo Mesquita Neto, é o aumento na circulação dos periódicos em 85%, de 1990 a 2000. Nos Estados Unidos, no mesmo período, houve um declínio de 10,5%. "O potencial quanto ao aumento de circulação ainda é grande", reforçou, ao destacar que, de cada mil pessoas, apenas 45 lêem jornal no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.