Jornais americanos destacam indiciamento de Paulo Maluf

O indiciamento do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), em Nova York, por lavagem de dinheiro é notícia nas edições desta sexta-feira, 9, dos principais diários nova-iorquinos, inclusive com a fotografia do político estampada nas primeiras páginas.O The Wall Street Journal (WSJ), um dos mais respeitados diários financeiros do mundo, destaca o caso como um exemplo da trajetória que o dinheiro ilegal faz de paraísos fiscais até bancos em Nova York."O caso Maluf ilustra uma conseqüência das crescentes ligações econômicas entre EUA e Brasil, em que autoridades estão tentando rastrear parte dos US$ 19 bilhões exportados ilegalmente nos anos recentes", afirma o WSJ. "Doleiros fornecem serviços para traficantes de dólares, políticos corruptos, sonegadores de impostos, terroristas e outros criminosos", acrescenta o diário.O The New York Times observa que "o indiciamento de Maluf nos EUA surpreende os brasileiros apenas pelo momento em que ocorre. Maluf foi investigado e indiciado inúmeras vezes sobre corrupção em São Paulo". O periódico acrescenta que "muitos brasileiros criticam seu próprio sistema Judiciário, que dizem ser permeado por corrupção e política".Os dois jornais trazem as declarações da assessoria de imprensa de Maluf dizendo que o político buscará provar inocência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.