Jobim e Amorim não participam de discussões

A equipe do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sofreu ontem duas baixas que afetaram as discussões sobre a nova Estratégia Nacional de Defesa no Palácio do Planalto.No começo da reunião, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, alegou ter sido acometido de uma forte alergia, pediu licença para ir para casa descansar e cancelou sua agenda de ontem e de hoje. Seu colega das Relações Exteriores, Celso Amorim, nem chegou a comparecer ao encontro no Planalto. Exausto por causa de sua agenda internacional nos últimos meses, o chanceler embarcou para o Rio de Janeiro, onde será submetido a uma cirurgia na mandíbula nos próximos dias. Ficará de molho por uma semana.No domingo passado, abatido, Amorim havia sido dispensado por Lula de comparecer ao desfile de Sete de Setembro na Esplanada dos Ministérios, mesmo com a presença da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, como convidada de honra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.