Joaquim Barbosa irá relatar inquérito contra Palocci

Ex-ministro da Fazenda foi indiciado, em 2005, no inquérito sobre a máfia do lixo em Ribeirão Preto

Felipe Recondo, de O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2008 | 16h16

Por oito votos a três, o plenário do Supremo Tribunal federal decidiu nesta quinta-feira, 28,  que caberá ao ministro Joaquim Barbosa relatar o inquérito contra o deputado e ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, acusado de peculato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e formação de quadrilha por envolvimento com a máfia do lixo, em Ribeirão Preto. Foram vencidos neste julgamento os ministros Joaquim Barbosa, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello. A definição do relator do caso Palocci só saiu nesta tarde porque o ministro Joaquim Barbosa, que pediu vista do processo, estava de licença médica até o dia 29 de fevereiro, mas decidiu comparecer hoje ao julgamento de plenário para julgar esse processo. A presidente do STF, ministra Ellen Gracie, já tinha decidido que Barbosa relataria o inquérito contra Palocci pois teria em seu gabinete uma ação correlata. A defesa do ex-ministro, porém, tinha requerido ao Supremo que o inquérito fosse relatado por outro ministro.

Tudo o que sabemos sobre:
Caso Palocci

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.