João Paulo oferece apoio a Dirceu

O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), fez uma declaração de desagravo ao ministro-chefe da casa Civil, José Dirceu, durante seu discurso no encontro da Associação Brasileira das Indústrias de Base (Abib), que acontece em Brasília. Segundo ele, Dirceu tem sido criticado de forma direta e indireta porque não teria se empenhado nas votações do salário mínimo. João Paulo ofereceu o seu apoio e a sua solidariedade sem explicar a que críticas se referia. Ao sair do evento, questionado sobre o que havia dito, João Paulo respondeu que "o elogio é ?auto-explicativo?". De forma mais amena, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), também fez uma manifestação de solidariedade ao ministro, José Dirceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.