João Paulo diz que ?tagarelas? são os culpados pela taxa de juros

O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha, (PT-SP), afirmou que os responsáveis pela decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter inalterada a taxa básica de juros em 26,5% são "os tagarelas que ficaram falando demais antes da reunião do Copom". Segundo o deputado, eles "deveriam esperar a reunião" para poder falar sobre o assunto. "Esses que ficaram falando é que têm que ser responsabilizados, agora, pela manutenção da taxa", afirmou. Entre os que falaram sobre juros nos últimos dias estão o líder do governo no Senado, senador Aloizio Mercadante (PT-SP), e o vice-presidente da República, José Alencar (PL). Um repórter perguntou a João Paulo Cunha se estava incluindo os dois em sua crítica. "Eu falei todos! Todos os que ficaram falando são os responsáveis pela situação em que nós ficamos hoje, pela definição do Copom".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.