João Paulo defende união do PT na escolha do seu sucessor

O presidente da Câmara, João Paulo Cunha, defendeu hoje que a bancada do PT se una em torno de um nome do partido para sucedê-lo na Presidência da Câmara. "É preciso que seja feito um debate maduro com muita calma e tranqüilidade para que não tenha muitas divisões e para que a bancada do PT consiga se unificar em torno de um nome", disse. Ontem, ele esteve em uma reunião da bancada na Câmara para alertar sobre a necessidade de definir um calendário para que o PT decida quem será o candidato do partido à Presidência da Câmara. "A bancada tem muita gente boa. Aliás melhor do que eu. A minha impressão é que podem contribuir para dar conta do recado", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.