João Paulo crê que esforço concentrado será bem-sucedido

O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), afirmou, ao chegar no Congresso, que o esforço concentrado marcado para a próxima semana será bem-sucedido. "No início de julho, a Câmara trabalhou, e quem estava duvidando de que iríamos votar queimou a língua e, na semana que vem, vai queimar de novo", afirmou. Quanto à pauta de votações, João Paulo pretende defini-la em reunião com os líderes partidários, de preferência ainda nesta semana. Hoje, somente um líder - o do PT, deputado Arlindo Chinaglia (SP) - está presente, na Câmara. No plenário quase vazio e com os trabalhos sendo presididos pelo deputado João Caldas (PL-AL), a tribuna está sendo ocupada alternadamente por oposicionistas. Há pouco, o deputado Alceu Collares (PDT-RS) criticou os gastos do governo com a compra do novo avião para a Presidência da República e acusou o presidente de "bancar o sheik com os países pobres". "O presidente chega aos países pobres e diz: ´Vamos dispensar a dívida de vocês´. Só que nós temos que dar prioridade aos nossos pobres", afirmou Collares, sem ser contestado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.