João Paulo assumirá a presidência interinamente

O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), será convocado a assumir interinamente a Presidência da República desta quinta-feira à noite até sábado, período da viagem oficial do titular Luiz Inácio Lula da Silva à Venezuela. Internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, o vice-presidente José Alencar enviou um comunicado ao Palácio do Planalto, no início da noite de hoje, informando a Lula que está impossibilitado de assumir a presidência.Alencar recuperava-se bem de uma cirurgia para retirada da vesícula biliar, realizada no sábado, quando os médicos descobriram que uma ?pequena pneumonia? complicava seu estado de saúde. Em uma primeira avaliação, o chefe da equipe responsável pela cirurgia, Raul Cutait, chegou a prever que o vice teria condições físicas para assumir o governo, podendo despachar do hospital se quisesse. Mesmo internado, não havia impedimento legal para que o vice ocupasse o cargo do titular. Mas João Paulo vai ter mesmo de interromper o descanso em Osasco, na Grande São Paulo, antecipando o retorno a Brasília. Os problemas do vice-presidente começaram por volta do meio-dia, quando Cutait constatou que ele apresentava febre. A previsão é de que Alencar permanecesse hospitalizado mais dois ou três dias. Segundo o médico, apesar da infecção no pulmão, ele respirava sem dificuldades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.