João Paulo apóia nova discussão sobre pacto federativo

O presidente da Câmara, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), considerou pertinente uma nova discussão sobre o pacto federativo, reclamada por governadores preocupados com a situação financeira de seus Estados. "Acho que, de fato, vai ter um momento, no Brasil, em que nós vamos ter de rediscutir o pacto federativo", admitiu. "Há, de fato, uma necessidade de a gente pensar melhor a distribuição dos tributos, de acordo com o tamanho das responsabilidades que cada ente da Federação tem tido: Estados, municípios e a própria União". O presidente da Câmara ressaltou, no entanto, que é inoportuno introduzir esse debate agora. "Acho melhor a gente assegurar um crescimento um pouco mais contínuo e, no meio disso, discutir esta questão", sustentou. Ele fez a declaração ao chegar à Câmara. João Paulo presidiu uma sessão especial em homenagem a Getúlio Vargas, que cometeu suicídio, há 50 anos. "Foi uma personalidade política muito forte na história da República e do País; teve papel fundamental para o crescimento e desenvolvimento", afirmou João Paulo sobre o ex-presidente. "Merece ser lembrado, não pela tristeza do encerramento de sua vida, mas pela obra que deixou".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.