Dida Sampaio/Estadão - 20/9/2021
Dida Sampaio/Estadão - 20/9/2021

Doria diz que deixa governo de SP até 2 de abril: 'clima de despedida'

O governador de São Paulo João Doria reafirmou em coletiva que irá passar o comando do estado ao vice-governador Rodrigo Garcia

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de março de 2022 | 10h40

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 15, que sua gestão está em “clima de despedida”. Pelo calendário da Justiça Eleitoral, ele deve sair do cargo até o dia 2 de abril para poder disputar a Presidência em outubro. Segundo o tucano, o Executivo estadual ficará em “boas mãos”. Seu vice, Rodrigo Garcia (PSDB), deve assumir o mandato. 

Doria saiu vitorioso das prévias do PSDB, realizadas no fim de 2021, e foi escolhido para ser o pré-candidato do partido ao Planalto. Em 2018, ele abandonou o cargo de prefeito da capital paulista para disputar o governo do Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
João DoriaRodrigo Garcia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.