João da Costa cita Paulo Freire na posse

O prefeito João da Costa (PT) tomou posse ontem na capital pernambucana com um discurso inspirado no poema É sempre Recife, que o educador Paulo Freire escreveu durante o exílio em Santiago, no Chile, em 1969. Costa usou a poesia para declarar seu amor à cidade e reforçar o compromisso com os excluídos. Após cerimônia na Câmara Municipal, Costa seguiu para a prefeitura, onde ocorreu a cerimônia de transmissão do cargo, ocupado por dois mandatos pelo petista João Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.