KLEBER GONÇALVES/FUTURAPRESS
KLEBER GONÇALVES/FUTURAPRESS

João Amoêdo diz que governo é 'amontoado de gente batendo cabeça'

Em palestra, presidente do Partido Novo afirmou que falta estratégia clara para o governo, mas elogiou a equipe econômica e a agenda de reformas

Luciana Dyniewicz, enviada especial, O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2019 | 21h49

FLORIANÓPOLIS - Candidato pelo Partido Novo à presidência no ano passado e eleitor de Jair Bolsonaro no segundo turno, o empresário João Amôedo classificou o governo como regular. Em palestra sobre empreendedorismo neste sábado, em Florianópolis, ele criticou a falta de foco do presidente e disse que o governo é "um amontoado de gente batendo cabeça".

"Não tenho muita surpresa com o que está acontecendo. De um lado, a avaliação que eu tinha era que estávamos elegendo alguém que tinha pouca capacidade de execução. Ele (Bolsonaro) tinha demonstrado isso ao longo da vida", afirmou a uma plateia de cerca de três mil pessoas.

O empresário destacou que o presidente se perde em polêmicas desnecessárias e criticou o que considera uma falta de estratégia do governo. "Como empreendedor, você define prioridades e estratégias, monta equipe, e o que a gente vê é que, no governo, falta uma estratégia clara. A equipe não tem um desenho claro. Pelo contrário, a equipe é um amontoado de gente que acaba batendo cabeça."

Liberal, Amôedo elogiou a equipe econômica e a agenda de reformas. Apontou, no entanto, que a Previdência não está sendo tocada na velocidade adequada, justamente devido à falta de estratégia. "(Bolsonaro) acertou na equipe (econômica), que tem boas medidas, mas a gestão ainda é conturbada."

Ao Estado, o empresário ainda criticou a atuação de Bolsonaro nesta semana, ao tentar incluir medidas benéficas aos policiais no texto da reforma previdenciária. "Ele não deveria estar fazendo esse tipo de procedimento. Não cabe a ele e tumultua o processo de reforma", disse.

"Bolsonaro confunde ou esquece que hoje tem uma função institucional como presidente da República. A gente já viu isso em algum eventos em que se posiciona, e quando usa o Twitter", acrescentou.

Tudo o que sabemos sobre:
NOVO [Partido Novo]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.