João Agripino pode ser candidato do PFL ao Senado

A bancada do PFL no Senado fará logo mais, às 12h30, nova reunião para definir sua estratégia em relação à eleição do futuro presidente do Senado, marcada para hoje à tarde. Uma das opções é a tese de uma candidatura própria. O nome em cogitação para esta hipótese é o do senador João Agripino (RN). Na primeira conversa realizada hoje de manhã entre os membros da bancada, os pefelistas ainda tentaram convencer o senador José Fogaça (PMDB-RS) a disputar a indicação em plenário, prometendo-lhe o apoio do PFL.O senador gaúcho, entretanto, recusou a idéia de se lançar como candidato avulso, depois de ser derrotado ontem à noite na reunião da bancada do PMDB. Agora, a bancada pefelista aguarda o resultado da reunião do Conselho de Ética do Senado, em que, pela avaliação de alguns senadores do PFL, estaria sendo manobrado pelo PMDB, sob a presidência do senador Juvêncio da Fonseca (PMDB-MS), o adiamento de qualquer definição, ainda hoje, sobre o futuro do ex-presidente do Senado Jader Barbalho (PMDB-PA). "Vamos aguardar os fatos para uma avaliação global a partir das 12h30", disse o líder do PFL, senador Hugo Napoleão (PI).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.