Jersey mantém silêncio sobre Maluf

As autoridades do paraíso fiscal da Ilha de Jersey mantiveram ontem o comportamento de silêncio absoluto em relação ao caso Maluf. Contatada pela Agência Estado para esclarecer qual seria a atitude das autoridades diante do pedido de bloqueio do dinheiro de Paulo Maluf e de seus familiares, a porta-voz da Unidade de Inteligência Financeira da ilha, Victoria Harper, se limitou a dizer que desconhecia a decisão. O bloqueio dos supostos "bens e importâncias", que estariam depositados na Suíça e em Jersey em nome de Maluf e de seus familiares, foi decretado anteontem, em caráter liminar, a pedido do Ministério Público Estadual (MPE).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.