Jereissati: abstenções foram o desequilíbrio da sessão

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) afirmou que o grande desequilíbrio na sessão que absolveu o presidente do Senado, Renan Calheiros, foram as abstenções do PT. Ele se disse decepcionado com alguns senadores petistas que considerava de nível mais alto, mas evitou mencionar quem seriam estes parlamentares. Para ele, o resultado reflete uma relação promíscua entre governo e Congresso, embora tenha evitado comentar que tenha havido uma ação do governo para absolver Renan. "A crise vai continuar. A credibilidade do Senado está quase no fundo do poço", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.