Jeniffer é Luciana e tem 24 anos. Sua mãe confirmou

A polícia descobriu a identidade da namorada do mentor do seqüestro de Patrícia Abravanel, Fernando Dutra Pinto. Jeniffer, na verdade, chama-se Luciana dos Santos Souza, tem 24 anos, 1,70m de altura, cabelos curtos tingidos de louro e uma filha de cinco anos. Mora em São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo. Ela está foragida e foi vista pela última vez, pela mãe, na sexta-feira. Sua mãe é Eulina, que prestou depoimento ontem por volta das 23 horas na Delegacia de Barueri. Dona Eulina, chorando, pediu que Luciana se entregue à polícia. Ela acredita que sua filha possa ter sido envolvida no caso sem querer. ?Se você errou, se não errou, eu te amo do mesmo jeito. Não tenha medo?, disse dona Eulina. "A dor que a mãe da Patrícia passou eu estou passando, só que com uma diferença, a Patricia teve um final feliz e eu não sei se a minha filha vai ter. Peço desculpas em nome da minha filha." Dona Eulina confirmou que Luciana namorava Fernando, mas disse tê-lo visto uma única vez, quando a filha levou-a para jantar em casa.A polícia localizou outra garota, identificada como Tatiana. Ela foi presa nesta madrugada no município de Campinas, interior do Estado de São Paulo, e teria participado também do sequestro da filha do empresário Silvio Santos. Também estaria ajudando Luciana dos Santos Souza, a Jeniffer, a se esconder. As duas teriam estado no cativeiro de Patrícia, mas Tatiana teria sido quem mais tempo permaneceu com a seqüestrada. Tatiana já foi apresentada no Distrito Policial de Barueri e será interrogada pelo delegado Itajiba Franco, diretor do Depatri.Os investigadores chegaram a tudo isso depois da descoberta de uma casa em Itapevi, Grande São Paulo, usada como esconderijo por Fernando e pelo irmão Esdras Dutra Pinto. No local, foram encontrados coletes à prova de bala e dois documentos falsos com a foto de Fernando em nome de Laudenir dos Passos Oliveira , entre outras coisas. Agora, a polícia tenta identificar o quinto seqüestrador, identificado como Valdemir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.