JF DIORIO/ESTADÃO
JF DIORIO/ESTADÃO

Jefferson discute com internautas e diz que 'nunca agarrou osso' no governo

Presidente nacional do PTB respondeu manifestações de internautas após o partido ter declinado da indicação de sua filha, Cristiane Brasil, para o cargo de ministra do Trabalho

Daniel Weterman, O Estado de S.Paulo

20 Fevereiro 2018 | 17h37

Após anunciar que o PTB declinou da indicação de sua filha, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), para o Ministério do Trabalho, o presidente nacional do partido, Roberto Jefferson, respondeu a algumas manifestações de internautas no Twitter.

Em uma das mensagens publicadas, um internauta escreveu: "Bob Jeff finalmente larga o osso", dirigindo-se a ele. O presidente respondeu diretamente a ela em uma mensagem pública: "Eu nunca agarrei ele..."

Em outra interação, o político justificou a decisão por que ficou um mês e meio aguardando o Supremo Tribunal Federal decidir sobre a nomeação da parlamentar. "Meses depois da infeliz indicação, deputado? O PTB resolve recuar para não atrapalhar a administração do Ministério do Trabalho? Conta outra", dizia uma mensagem. "Um mês e meio aguardando o STF tomar uma posição diante de decisão de um juiz de primeira instância", respondeu o presidente do partido.

 

 

Para outro internauta, que ironizou a "preocupação" de Jefferson com a administração da pasta, o político devolveu apenas com a onomatopeia "Zzz, zzz, zzz."

A oposição também não deixou de provocar Jefferson nas redes sociais. "Sem a Reforma da Previdência, caiu a cotação de Roberto Jefferson no mercado de venda de votos", escreveu no Twitter o líder o PSOL na Câmara dos Deputados, deputado Ivan Valente (SP). Jefferson não respondeu a esse comentário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.