André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Jarbas Vasconcelos se diz a favor de denúncia para que presidente se defenda

Deputado de Pernambuco afirma que vai votar com sua 'consciência' para que se prossiga investigação

Anderson Bandeira, especial para o 'Estado', O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2017 | 15h12

RECIFE - O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) anunciou, nesta quinta-feira, 6, que votará pela admissibilidade do processo contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados. Apesar de integrar o mesmo partido de Temer, Vasconcelos defendeu o acatamento da denúncia para que, segundo ele, se dê direito à ampla defesa do presidente acusado. 

"Em toda minha vida pública eu fui a favor de que se investiguem denúncias graves, que é o caso. Sou do partido do presidente, mas voto com minha consciência. Por isso voto para que se prossiga a investigação, e defesa e acusação possam se colocar com propriedade", disse o parlamentar, que está na Argentina. Ele acompanha a comitiva do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no país vizinho. Apesar de toda pressão do Planalto para convencer aliados, o deputado tem dito que sua posição é irreversível. 

O pernambucano condenou a posição do Planalto de liberar emendas no momento em que necessita de, pelo menos, 172 votos de deputados para barrar a denúncia na Câmara. Considerou que essa prática está incorporada, "infelizmente", na política brasileira e que Temer "vem utilizando do mesmo expediente", quando deveria combater. 

Tudo o que sabemos sobre:
Jarbas VasconcelosPMDBMichel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.