Dida Sampaio
Dida Sampaio

Jarbas Passarinho morre em Brasília aos 96 anos

Ex-ministro e ex-governador do Pará, político participou da articulação do golpe militar de 1964

O Estado de S.Paulo

05 de junho de 2016 | 12h29

O ex-ministro Jarbas Passarinho morreu na manhã deste domingo, 5, em Brasília, aos 96 anos. Segundo nota divulgada pelo governo do Pará, Passarinho estava enfrentava problemas de saúde devido à idade avançada.

Nascido em Xapuri, no Acre, Jarbas Passarinho iniciou sua trajetória política no Pará, Estado que governou entre os anos de 1964 a 1966. Ele também foi senador por três mandatos e atuou como ministro nos governos militares e do ex-presidente Fernando Collor de Mello.

Passarinho participou da articulação do golpe militar de 1964 e ficou famoso por uma frase proferida durante a reunião do Ato Institucional 5, que deu amplos poderes aos militares e endureceu o regime a partir de 1968. "Às favas, senhor presidente, neste momento, todos os escrúpulos de consciência", disse na época.

O enterro será em Brasília e está programado para iniciar às 16 horas, no Campo da Esperança. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.