Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Janaina Paschoal critica quem prefere derrotar Lula nas urnas

Advogada do pedido de impeachment de Dilma Rousseff faz comentário em rede social após tucanos defenderem tese

Thaís Barcellos, O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2018 | 10h06

Um dia após tucanos defenderem tese de que é preferível vencer o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas urnas, e não na Justiça como condenado, uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a advogada Janaina Paschoal, afirmou que esses adeptos estão preocupados em "se poupar". O petista está sendo julgado neste momento pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4).

+++ Doria diz que melhor seria 'enterrar o mito Lula' nas urnas

"Importante atentar para os políticos que seguem repetindo que as urnas decidirão. Se estão preocupados em poupar o opositor, talvez queiram ser poupados quando estiverem na mesma situação! Talvez tenham telhado de vidro. Nossa legislação é bastante avançada, que seja aplicada!"

+++ 'Nós vamos enfrentar e derrotar o PT', diz Alckmin

A advogada também pediu que o dia em que ocorre o julgamento transcorra "sereno". Ela afirmou que desconhece qual será a decisão dos magistrados nesta quarta-feira. "Mas gostaria de ponderar que, conforme nossa legislação, se um funcionário público solicita (não precisa nem receber) R$ 500,00 (quinhentos reais), aproveitando-se do seu cargo, comete corrupção. Entendem?".

A advogada ainda avaliou que um desvio de milhões não é pouco, referindo-se ao valor de R$ 3,7 milhões pelo qual Lula é acusado de receber no processo do triplex do Guarujá, caso objeto da decisão de hoje. "A corrupção e o tráfico de influência são crimes, não são comportamentos banais", completou.

+++ TV Estadão: Pixuleco de Lula navega pelo Rio Guaíba

+++ Veja imagens desta semana de julgamento de Lula em Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.