Jader vai processar juiz e delegado

O ex-senador Jader Barbalho (PMDB-PA) anunciou nesta segunda-feira que vai processar por danos morais o juiz da 2ª Vara Federal do Tocantins, Alderico Rocha Santos, e o delegado da Polícia Federal Luiz Fernando Ayres, acusando-os de denegrir sua imagem de homem público e humilhá-lo com uma prisão "arbitrária, vexaminosa, de conteúdo político e desmoralizante". Para o ex-senador, as algemas que lhe foram colocadas, em Palmas, faziam parte do "teatro previamente montado" por pessoas como o ex-senador Antonio Carlos Magalhães, o senador Romeu Tuma (PFL-SP), o delegado Luiz Fernando, e a "presepada armada" pelo juiz Alderico Santos, que tinham por objetivo "mostrar a todo custo que eu estava algemado, como se fosse um bandido". A ação contra o juiz e o delegado começou a ser redigida hoje pelos advogados de Jader.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.