Jader tentou demover Arruda da renúncia

O presidente do Senado, senador Jader Barbalho (PMDB-PA), tentou demover o então senador JoséRoberto Arruda (sem partido-DF) da decisão de renunciar ao mandato, segundo a assessoria do senador paraense.A conversaocorreu nesta quinta-feira, durante um café da manhã para o qual Barbalho recebeu Arruda. O presidente do Senado argumentou que arenúncia seria prematura e que o quadro poderia ser alterado.Argumentou Barbalho que "a política é muito dinâmica".Arruda,segundo a assessoria de Barbalho, manteve a decisão de renunciar porque estaria vivendo "um calvário" e se sentia ansioso parasuperá-lo, mas comunicou ao presidente do Senado que iria reiniciar "pelo PFL" a sua vida política.Arruda chegou a mostrar aBarbalho o texto do discurso que faria poucas horas depois e pediu a ele que assumisse a condução dos trabalhos do plenário doSenado no momento do seu discurso.A assessoria de Barbalho informou que este não quer se pronunciar sobre asdeclarações do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-B A), feitas ao chegar nesta quinta-feira à Bahia, de que vai renunciar porque nãoquer se submeter a um voto de Barbalho, seja de condenação ou absolvição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.