Jader: solidário com governo contra CPI

O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), disse hoje, depois de se reunir com o presidente Fernando Henrique Cardoso, no Palácio da Alvorada, que a base aliada do governo "deseja que não se alcance o número necessário" de assinaturas para a criação da CPI mista destinada a apurar denúncias de corrupção. Ele tratou do assunto com o presidente que, segundo disse, está tranquilo por entender que se trata de uma questão relacionada com o Congresso. "Todos os entendimentos da base do governo são de que se trata de uma ação política da oposição", disse Jader ao chegar ao Senado. Como presidente do PMDB, Jader ressaltou que sua posição é de "solidariedade" ao governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.