Jader propôs reconciliação entre partidos, diz senador

O senador Fernando Bezerra (PMDB-RN) disse que o discurso do novo presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), "é principalmente um discurso de reconciliação e de reconstrução da imagem do Senado". Ele disse que reassumirá amanhã o cargo de ministro da Integração Nacional, "a não ser que o presidente tenha se arrependido", ironizou. Segundo Bezerra, seu retorno ao Senado não alterou o resultado da votação, já que, em sua opinião, o seu suplente daria o mesmo voto que ele ao candidato do PMDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.