Jader irá à reunião do Conselho de Ética

O senador Jader Barbalho (PMDB-PA) confirmou, por intermédio de sua assessoria, que comparecerá amanhã, às 9 horas, à reunião do Conselho de Ética. Jader pretende esclarecer pontos que considera importantes nesta fase de investigação. Em exposição feita hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Barbalho cobrou, repetidas vezes, o direito de ser ouvido pelo Conselho de Ética, antes que este vote o relatório da comissão criada para investigar denúncias de envolvimento do senador no desvio de recursos do Banco do Estado do Pará. O relatório da comissão pede a abertura de processo contra Barbalho, por quebra de decoro parlamentar. O presidente do Conselho, senador Juvêncio da Fonseca (PMDB-MS), disse hoje, momentos antes do término da reunião da CCJ, que esta será a última oportunidade para Jader se pronunciar perante o conselho. Anteriormente, ele foi ouvido pela comissão de investigação, composta pelos senadores Romeu Tuma (PFL-SP), Jefferson Peres (PDT-PA) e João Alberto (PMDB-MA). Ainda segundo Fonseca, ouvindo ou não Jader, o conselho votará amanhã o relatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.