Jader autoriza STF a processá-lo

O presidente do Senado e do PMDB, Jader Barbalho (PA), autorizou previamente, em pronunciamento da tribuna do Senado, o Supremo Tribunal Federal (STF) a instaurar processo contra ele, se alguém formalizar uma denúncia contra sua pessoa junto à Procuradoria Geral da República. Ele pediu que se alguém tiver denúncia a fazer contra ele que o faça, sob pena de incorrer em omissão. "Não posso é aceitar esta campanha mesquinha e espúria", afirmou, lembrando que não se acovardou no regime militar, quando integrava o PMDB, que era de oposição, e afirmando que não o fará agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.