Jader apresenta auditoria do seu patrimônio

O presidente do Senado, Jader Barbalho (PA),acaba de apresentar à Mesa do Senado, para que conste dos anais da Casa, um relatórioda Boucinhas e Campos Auditores Independentes sobre uma auditoria feita pela empresacom a conclusão de que o patrimônio do senador paraense é compatível com osrendimentos declarados por ele à Receita Federal. O levantamento refere-se ao períodode 1990 a 1999. Em discurso no plenário, para anunciar a entrega do relatório,Barbalho reclamou de que, durante a campanha eleitoral para a presidência do Senado,sofreu ataques pessoais, com denúncias de enriquecimento ilítico.Ele disse que semanteve em silêncio, "estrategicamente", naquele momento, porque entendia as acusaçõescomo uma provocação que, se aceita, o levaria a um atrito com órgãos da imprensa eenfraqueceria sua candidatura. O presidente do Senado disse que, "na medida dopossível" , pretende dar por encerrado o episódio eleitoral e - numa referênciaindireta a seu adversário, o senador Antônio Carlos Magalhães (PFL-BA) - reclamou deque o mesmo procedimento não está sendo seguido por outros parlamentares. "Paraalgumas pessoas, a eleição para a presidência do Senado não é um episódio encerrado,quando deveria ser", afirmou Barbalho.O relatório da Boucinhas e Campos informa que,a 31 de dezembro de 1989, o patrimônio de Barbalho, a preço de mercado, eraequivalente a 6,5 milhões de UFIRs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.