Jader afirma que parlamentares se envolveram em violação

O presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), anunciou oficialmente que, além de o laudo elaborado por técnicos da Unicamp ter concluído que o sistema de votação eletrônica do Senado foi violado na sessão de 28 de junho do ano passado - quando foi cassado o mandato do ex-senador Luiz Estevão (PMDB-DF) -, há parlamentares envolvidos no episódio e que servidores do Senado já confessaram seu envolvimento na operação de violação do painel. Barbalho não revelou, no entanto, o nome dos parlamentares envolvidos, mas anunciou que a comissão que investigou a violação vai entregar oficialmente seu relatório amanhã, ao primeiro-secretário do Senado, Carlos Wilson (PPS-PE), e que o episódio terá desdobramentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.