"Já tivemos problemas iguais", afirma médico da UTI de Mogi

O pediatra Henrique Naufel informou na tarde desta sexta-feira que há uma criança em estado crítico (com septicemia), uma instável e quatro estáveis na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal da Santa Casa de Mogi das Cruzes. Outras cinco estão numa ala improvisada. Onze bebês morreram neste mês. Em entrevista, o pediatra afirmou que não é a primeira vez que a Santa Casa tem este tipo de problema.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.