Beto Barata/Estadão
Beto Barata/Estadão

'Já assisti a filmes de mudanças das mais dramáticas na política', diz Araújo sobre 2018

Ministro das Cidades, citado na lista de Fachin, disse que há uma grande descrença da comunidade internacional em relação à política no Brasil

Célia Froufe, Enviada especial

19 de abril de 2017 | 08h01

LISBOA - Cotado como candidato para a eleição ao governo de Pernambuco em 2018, o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE) tentou desconversar sobre seu futuro político durante passagem pela capital portuguesa hoje. "Já assisti a filmes de mudanças das mais drásticas na política. A gente segue trabalhando, entregando as transformações dentro do Ministério das Cidades", disse ele, que já foi deputado estadual e deputado federal e foi citado na lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

O ministro avalia que 2018, para o tempo da política, ainda está muito longe. "Só quem tem atenção hoje em processo eleitoral são os políticos e os jornalistas. O povo está preocupado em como atenuar 13 milhões de desempregos. A sociedade real está preocupada em como fazer a economia ser reativada, os empregos serem recriados e, em 2018, a sociedade vai decidir", desconversou.

Ele considerou que há uma grande descrença da comunidade internacional em relação à política e, de um modo especial, no Brasil. "Agora, não adianta os nossos mais jovens ficarem de fora. Quem está fora e acha que está ruim precisa ter a coragem de, em 2018, vir para dentro do processo político e ajudar fazer transformações. Não adianta apenas ficar gritando do lado de fora, tem que vir para dentro e fazer o enfrentamento de dentro do jogo", instigou.

O ministro falou com jornalistas na capital portuguesa antes de participar do segundo dia do V Seminário Luso-Brasileiro de Direito, promovido pela Escola de Direito de Brasília do Instituto Brasiliense de Direito Público (EDB/IDP) e pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (Fdul). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.