Izabella reafirma que Ambiente terá corte pequeno

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, reafirmou: não se deve esperar grande contingenciamento por parte da pasta porque seu orçamento é pequeno. Ela assegurou hoje, após a criação de um comitê orientador para determinar a responsabilidade sobre o lixo produzido, que não haverá intervenções, por exemplo, no Ibama e no Instituto Chico Mendes. "A área de licenciamentos, o Ibama e o Instituto ficarão preservados. Serão mais objetos de cortes passagens e diárias de todo o Ministério", afirmou.

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2011 | 19h31

Segundo a ministra, será preciso fazer realocação de recursos dentro da pasta, o que deverá ser definido a partir de amanhã, quando receberá os primeiros estudos internos a respeito de possibilidades de cortes. "Mas os valores dos cortes não serão expressivos quanto os do resto da Esplanada, pois o nosso orçamento é de apenas R$ 1 bilhão", comparou.

Tudo o que sabemos sobre:
ambienteministériocorteorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.