Itamaraty confirma reunião entre Luiz Alberto Figueiredo e Susan Rice

Chanceler brasileiro e conselheira de Segurança Nacional da Casa Branca vão conversar ainda nesta semana sobre espionagem americana a autoridades e empresas do País

Ayr Aliski, Agência Estado

09 de setembro de 2013 | 18h53

O Itamaraty confirma a realização de reunião entre o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, e a conselheira de Segurança Nacional da Casa Branca, Susan Rice, ainda esta semana. O encontro ocorrerá na quarta-feira, 11, ou na quinta-feira, 12, em Washington (EUA). A agenda definitiva ainda está sendo elaborada, mas a reunião está confirmada.

O assunto principal do encontro em Washington, neste momento, envolve as providências que estão sendo tomadas pelos Estados Unidos diante da fala da presidente Dilma Rousseff na última sexta-feira, 6, de que queria saber "tudo o que há" sobre o Brasil nos serviços de espionagem norte-americanos.

A cobrança veio após a denúncia de que autoridades dos Estados Unidos estariam espionando o Palácio do Planalto, inclusive a presidente. "Quero saber tudo o que há sobre o Brasil, tudo o que é feito com o Brasil", disse Dilma em São Petersburgo, antes de deixar a Rússia, onde participou da reunião do G-20.

A viagem de Figueiredo aos Estados Unidos já estava prevista. Ele iria à Organização das Nações Unidas (ONU), de onde se deslocou no final do mês passado para assumir o comando do Itamaraty após o episódio envolvendo a chegada ao Brasil do senador boliviano Roger Pinto Molina, que estava na missão diplomática do Brasil em La Paz desde maio de 2012.

Figueiredo era, até então, o representante permanente do Brasil junto à ONU, e tinha visita prevista a Nova York. O encontro com Susan Rice em Washington, no entanto, foi oficialmente confirmado nesta segunda.

Mais conteúdo sobre:
espionagemDilmaSusan Rice

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.