Itamar poderá voltar ao Senado em breve, diz Aécio

Após conversar por telefone com o senador Itamar Franco (PPS-MG), internado em São Paulo para tratar uma leucemia, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) informou que o ex-presidente da República sairá de licença por 30 dias. Aécio disse aos colegas de plenário que Itamar já deu início ao tratamento contra a doença e teve uma "reação extraordinária".

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

25 de maio de 2011 | 18h51

De acordo com Aécio, Itamar está bem disposto e poderá voltar a exercer suas funções no Senado em breve. "Conversei com seu médico agora há pouco. Ele pede que eu comunique a seus pares que estará ausente nos próximos 30 dias. Solicitou a licença oficial da Casa, mas tem plena convicção e a mesma compartilhada pelos seus médicos, Dr. Nelson Hamerschlak e Dr. Oscar Fernando dos Santos, que superada essa primeira fase, dentro de 30 dias, estará de volta aqui conosco, compartilhando do nosso dia a dia", disse o senador.

Itamar está internado desde o dia 21 no Centro de Hematologia e Oncologia do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo boletim divulgado pelo hospital hoje, Itamar teve a doença diagnosticada no início e vem reagindo bem ao tratamento, o que faz os médicos cogitarem sua alta em curto prazo.

Mais conteúdo sobre:
saúdeItamarAécioSenado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.