Itamar Franco deixa hotel em SP

O governador de Minas Itamar Franco (PMDB) deixou o hotel Ca´D´Oro, no Centro de São Paulo, às 15h de hoje, e seguiu para o Aeroporto de Congonhas, de onde retornaria a Belo Horizonte em um jato do governo mineiro. O governador saiu sem dar declarações à imprensa. Estava acompanhado pela sua ajudante-de-ordens, Doralice Leal, e pelo secretário de governo, Henrique Hargreaves. Amanhã, deve reassumir suas atividades no Palácio da Liberdade, sede do governo de Minas.Itamar permaneceu durante toda a manhã em seu quarto. O médico Raul Cutait, responsável pela operação que retirou sua vesícula, na segunda-feira, foi o único a visitá-lo.Cutait chegou ao hotel por volta das 11h e saiu meia hora depois. Segundo ele, a visita não teve caráter médico e tratou-se apenas de uma despedida. Não houve prescrição de novos medicamentos.O médico afirmou que Itamar recupera-se satisfatoriamente e tem condições de viajar para retornar ao trabalho. "O governador ainda está se recuperando", disse. "Ele não está em seu pleno vigor, mas avança muito bem", concluiu. Não houve restrições médicas quanto à retomada das atividades. "Agora, o governador decide o que fazer daqui em diante", declarou Cutait.Ontem, através de sua assessoria de imprensa, Itamar comunicou a decisão de retirar o pedido de licença apresentado à Assembléia Legislativa do Estado. O pedido tinha validade por 45 dias e seu objetivo era permitir sua recuperação. O governador deve voltar a São Paulo na próxima sexta-feira, para participar do lançamento de seu nome à presidência nacional do PMDB, na Assembléia Legislativa do Estado. A iniciativa é articulada pelo ex-governador paulista Orestes Quércia. Também estão agendados encontros com empresários e uma viagem, ainda não confirmada, a Araraquara, no final de semana, para que Itamar receba o título de cidadão honorário do município.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.