Itamar elogia candidatura de Maguito

O governador de Minas, Itamar Franco (PMDB), disse, por meio de sua assessoria, que viu "com satisfação" o lançamento da candidatura do senador Maguito Vilela (PMDB-GO), que exerce interinamente o comando dos peemdebistas, à presidiência nacional da legenda, em setembro. Itamar, que retirou sua própria candidatura para presidente do PMDB depois que os governistas indicaram o deputado Michel Temer (SP) para a disputa do cargo, disse que uma vitória de Maguito pode significar a volta do partido "às suas origens históricas". "É a oportunidade que o PMDB tem para desenvolver um novo modelo econômico, político e social para o Brasil", afirmou. Apesar do aparente contentamento com o nome de Maguito, que representaria uma última tentativa de vencer os governistas do PMDB, Itamar, diante das dificuldades cada vez maiores de aglutinar a maioria dos correligionários em torno de idéia de candidatura própria à presidência da República - e de que ele seja o escolhido para a disputa -, ainda estuda a possibilidade de transferir-se para outro partido, provavelmente o PDT. Nesta quinta-feira ou no início da próxima semana - a assessoria do goveranador não definiu a data -, Itamar volta a reunir-se, em Belo Horizonte, com o ex-governador Leonel Brizola. Na pauta do encontro, mais uma vez, o convite de Brizola para que ele se filie à legenda e também as negociações para que faça com Ciro Gomes (PPS), outro potencial candidato ao Palácio do Planalto, uma aliança com o objetivo de derrotar as forças governistas em 2002. O próprio Ciro, que esteve com Brizola no início da semana, pode participar da conversa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.