Itamar e FHC se encontram amanhã no Rio

O governador de Minas Gerais, Itamar Franco (sem partido), embarcou hoje à tarde para o Rio de Janeiro, onde participa amanhã de um evento comemorativo ao oitavo aniversário do Plano Real e se encontra pela primeira vez com o presidente Fernando Henrique Cardoso, com quem está rompido desde o final de 1998. Itamar, que foi um dos mais ferrenhos opositores do governo federal nos últimos anos e chegou a liderar uma rebelião de governadores, emitiu mais um sinal de reaproximação com o presidente. ?Não tenho dúvida de que, se amanhã, na reunião, ele me estender a mão, evidentemente eu sou um homem educado e estenderei a mão para ele?, disse Itamar, depois de se reunir por cerca de duas horas com o candidato do PSDB ao governo do Estado, Aécio Neves ? que conta com o apoio declarado do governador à sua sucessão. Segundo o governador mineiro, o tucano ?reabriu o tráfego? entre os interesses do Palácio da Liberdade e o governo federal. De acordo com o próprio Itamar, Aécio vem trabalhando para que os bloqueios dos recursos federais destinados a Minas, por conta do não pagamento de parcelas da dívida do Estado junto à União, sejam revistos. O governador de Minas, no entanto, descartou a possibilidade de que a reaproximação com FHC signifique o seu retorno ao barco governista e, consequentemente, um apoio à candidatura de José Serra (PSDB). ?Aécio Neves é o meu candidato a governador do Estado. Meu candidato a presidente da República não é o candidato dele. O meu candidato a presidente da República é Luiz Inácio da Silva. Defenderemos uma linha em defesa da Federação?, enfatizou. Itamar aceitou convite da Associação Comercial do Rio de Janeiro, para participar da solenidade de amanhã, ocasião em que Fernando Henrique receberá a Comenda Visconde de Mauá. Na semana passada, o governador revelou ainda que recebeu do presidente, no último dia 28, um telegrama pela passagem de seu aniversário e que teria respondido no mesmo dia, em agradecimento. SimpatiaO presidente Fernando Henrique "vê com simpatia" o encontro que terá amanhã Itamar, segundo o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.