Itamar diz que FHC mentiu

O governadorde Minas Gerais, Itamar Franco (PMDB), disse que o presidente Fernando Henrique Cardoso mentiu, na noite desta segunda-feira, empronunciamento no qual afastou a possibilidade de cobrança de multas de consumidores como parte da política nacional deracionamento de energia elétrica.Itamar, que já havia atacado a idéia das multas - por entender que a culpa pelo racionamento é do governo federal, e não dapopulação -, referiu-se à passagem em que Fernando Henrique disse ter feito, em seu mandato, muito mais investimentos nosetor elétrico que os antecessores Itamar e Collor.O presidente apresentou um gráfico sobre o assunto, contestado pelo governador mineiro. "Os números não mentem, mas osmentirosos podem fabricar os números", afirmou o governador, por meio de sua assessoria.Em tom irônico, Itamar ainda lembrou que a frase seria um ditado muito comum na língua inglesa e que poderia ter sido proferidonaquele idioma, pelo qual o presidente teria "predileção".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.