Itamar diz que "entende" apoio de Sarney a Roseana

O governador de Minas, Itamar Franco (PMDB), disse hoje que entende a atitude do senador e ex-presidente José Sarney, também do PMDB, que declarou apoio à filha, Roseana Sarney. Roseana é governadora do Maranhão, filiada ao PFL e um dos nomes presidenciáveis do partido. "Só posso respeitar. O presidente Sarney tem uma filha que é candidata à Presidência da República. Eu não sei se a minha filha, e eu espero que jamais seja, fosse candidata por um outro partido, se eu não a apoiaria", disse Itamar. Ele reafirmou o respeito pelo sentimento de pai manifestado por Sarney e pelo respeito em relação à possível candidatura da filha Roseana. Na opinião de Itamar, Sarney não pode ser apontado como um traidor do partido por defender uma candidatura do PFL. "Não o vejo como traidor porque ele tem a sinceridade de dizer, se é que falou, que terá que caminhar com a filha", justificou Itamar. Meia hora antes, durante discurso realizado no Diretório do PMDB estadual, Itamar fez críticas aos traidores do partido. Segundo ele, "traição é uma via de mão dupla". Na coletiva, Itamar não entrou em detalhes sobre a ameaça. "Isso quer dizer que esse traidor não terá meu apoio se eu for candidato à Presidência da República. Mas não vou explicar detalhes. Estratégia a gente não revela", disse Itamar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.