Itamar dá sinal verde para candidatura ao Planalto

Com a ressalva de que não irá se manifestar nem fazer campanha interna, o ex-presidente Itamar Franco deu sinal verde para que correligionários trabalhem por sua candidatura à Presidência da República pelo PMDB, informou o site do jornal Zero Hora.A alternativa Itamar começou a ser desenhada na segunda-feira pelo ex-governador de São Paulo Orestes Quércia. Se vingar, ela deverá atrapalhar os planos de Anthony Garotinho, vencedor da prévia informal do PMDB para escolher o candidato ao Palácio do Planalto.Garotinho aceita conversar com ItamarJá o site do jornal O Estado de Minas noticia que Garotinho aceita conversar com o ex-presidente Itamar Franco. "Eu autorizei o presidente do PMDB de Minas Gerais, Fernando Diniz, a marcar o local, o dia e a hora que ele (Itamar) quiser para conversarmos sobre o quadro da política nacional", afirmou o ex-governador do Rio.Garotinho ressaltou o respeito que tem pelo ex-presidente, mas afirmou que não está entendendo a situação. Ele lembrou que o diretório do PMDB de Minas informou, na reunião da Executiva Nacional, que Itamar não havia comunicado candidatura à Presidência, mas, sim, ao Senado. "Estou querendo entender", frisou.Para o ex-governador Orestes Quércia, no entanto, não houve mudança de posição depois da reunião da Executiva Nacional do partido. Ele disse que conversou com Itamar depois do evento e que o ex-presidente manteve sua posição de assumir a pré-candidatura, com o apoio do PMDB de Minas.Quércia acrescentou que, com o apoio do PMDB local, Itamar poderá participar da convenção nacional, marcada para junho, disputando com Garotinho a condição de candidato do PMDB à Presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.