Itamar considera "gravíssima" fala de Arruda

O governador de Minas, Itamar Franco (PMDB), considerou "gravíssimo" o que chamou de "confissão do ilícito" do senador José Roberto Arruda (PSDB-DF). Segundo o governador, o pronunciamento de Arruda "não pode ser desconsiderado pelo Senado da República". Itamar foi irônico ao comentar a reação do governo federal, que classificou o discurso do senador como "corajoso e digno". "Soa-me estranho e imcompreensível considerar o discurso ´corajoso e digno´, buscando-se mascarar um ato ignóbil", disse. "Quem sabe, face à afirmação do senhor Lamazière (porta-voz da Presidência da República), poderá o senador (Arruda) voltar a ser líder do governo?", indagou Itamar, por meio de nota divulgada por sua assessoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.