Itamar acusa Lula de interferir em CPI da Petrobras

O ex-presidente Itamar Franco (sem partido) acusou hoje o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de interferir para impedir a instalação e início dos trabalhos da CPI da Petrobras no Senado. "Será que nós temos dúvidas nesse País que quando o presidente Lula quer, ele impede no Congresso?", questionou Itamar. "Quando o governo quer, ele impede. Veja o exemplo da CPI da Petrobras. Ela não anda por quê? Porque o governo não tem permitido. Não é o parlamentar. O parlamentar obedece".

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

15 de junho de 2009 | 18h34

Itamar disse que Lula deveria agir como o general e ex-presidente Ernesto Geisel, que mesmo durante o regime militar, embora contrário, não impediu a instalação de uma CPI para investigar o acordo nuclear entre Brasil e Alemanha. "Éramos três senadores de oposição na comissão e oito senadores do governo. O presidente Geisel não impediu que eu, por exemplo, senador da oposição, fosse escolhido presidente (da CPI)", afirmou Itamar. "Por que ele também não imita o presidente Geisel?"

O ex-presidente fez comentários sobre o impasse em torno da CPI da Petrobras ao criticar mais uma vez a proposta que permite mais um mandato para Lula. Segundo Itamar, se o presidente realmente é contra a proposta - como tem reiterado -, teria como impedir que parlamentares aliados tomassem a iniciativa ou aderissem à proposta de emenda constitucional. Uma PEC que permite duas reeleições continuadas para presidente da República, governadores e prefeitos já foi protocolada pelo deputado Jackson Barreto (PMDB-SE).

Preparando sua volta à política partidária, Itamar é visto no ninho tucano como uma opção para compor eventual chapa encabeçada pelo governador de São Paulo, José Serra, caso ele seja mesmo indicado como presidenciável do PSDB em 2010. Mas mantém a lealdade a Aécio. Durante seu discurso, defendeu a gestão do mineiro e disse que espera que ele consiga viabilizar sua candidatura e alcançar a Presidência.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI da PetrobrasItamar FrancoLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.