Irmão e filho de Erenice são demitidos de estatais do governo do DF

Em nota, o GDF informou que ambos eram comissionados, isto é, ambos com empregos públicos ganhos por indicação política

Ana Paula Scinocca, de O Estado de S.Paulo

16 de setembro de 2010 | 18h09

BRASÍLIA - Irmão da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra, José Euricélio Alves de Carvalho foi exonerado nesta quinta-feira, 16,da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) a pedido do governo do Distrito Federal. O governador Rogério Rosso (PMDB) também determinou nesta tarde à Companhia Imobiliária do Distrito Federal (Terracap) a exoneração de Israel Dourado Guerra, filho de Erenice.

 

Em nota, o GDF informou que ambos eram comissionados, isto é, ambos com empregos públicos ganhos por indicação política. No caso de Israel, foi solicitada a suspensão "quaisquer pagamentos que o ex-servidor tenha a receber naquela Companhia". Os dois, apesar de terem esses empregos públicos, são personagens de escândalos envolvendo lobby, desvio de dinheiro público e cobrança de propinas.

 

Segundo o governo, também foi solicitada à Corregedoria do DF abertura de procedimento administrativo "para apurar eventuais irregularidades cometidas pelo ex-empregado no exercício de suas função, que pode resultar, como penalidade, em ressarcimento ao erário dos valores recebidos como salário".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.