Irmão do deputado Donadon é preso em Porto Velho

O deputado estadual Marcos Antônio Donadon (PMDB), irmão do deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO), foi preso na madrugada desta quarta-feira ao desembarcar no aeroporto de Porto Velho, em Rondônia.

QUETILA RUIZ, Agência Estado

26 Junho 2013 | 20h33

Como seu irmão, Marcos Donadon foi condenado por crimes de peculato e formação de quadrilha por envolvimento em um esquema de desvio de recursos da Assembleia Legislativa de Rondônia - da qual ele foi presidente entre 1995 a 1999.

O mandado de prisão foi deferido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, atendendo a pedido encaminhado pelo Ministério Público do Estado. Marcos não apresentou resistência e foi levado para o presídio Ênio Pinheiro.

Os valores desviados foram calculados na época dos desvios em R$ 8,4 milhões. Hoje, atualizados, somariam cerca de R$ 58 milhões.

A condenação de Marcos Donadon a 8 anos e 4 meses ocorre 18 anos depois de o escândalo ter sido revelado, e 15 anos após apresentação de recursos, pelo réu, no Superior Tribunal de Justiça e no STF.

Durante sua gestão na Assembleia, segundo dados da acusação, Marcos Donadon nomeou pessoas de sua confiança para cargos estratégicos da casa como diretor financeiro, diretor do Departamento de Recursos Humanos e chefe de gabinete, para agirem sob o seu comando, a fim de promover desvios de verbas públicas. O Ministério Público do Estado denunciou 10 pessoas por fraudes nas folhas de pagamento de servidores comissionados.

Em nota, o atual presidente da Assembleia, deputado Hermínio Coelho (PSD), disse que vai aguardar os desdobramentos processuais para decidir quais as medidas a adotar.

Pelo regimento interno do Legislativo, ele deverá permanecer no cargo, a menos que sua prisão seja estendida por mais de 120 dias. Marcos Donandon é o terceiro deputado que ocupou o cargo de presidente da Assembleia de Rondônia a ser preso desde 2006.

Mais conteúdo sobre:
STF prisão Donadon irmão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.